• Imprimir
  • Compartilhar


  • “Deus não está morto 3” alerta que a igreja precisa ser “luz na escuridão”

    “Deus não está morto 3” alerta que a igreja precisa ser “luz na escuridão”

    Depois do incêndio que destrói templo, uma chama de esperança se acende

    por Cris Beloni

    Com estreia prevista para o dia 30 de setembro no Brasil, o filme “Deus Não Está Morto – Uma Luz na Escuridão” promete ser mais um alerta para os cristãos. O novo lançamento da California Filmes, em parceria com a 360 Way Up vai contar a história de uma igreja destruída e de um pastor que luta para resgatá-la.

    A trama mostra que uma pequena “chama” pode iluminar o caminho para a cura e a esperança. O personagem Dave (David A. R. White), um evangelista, se vê diante de um incêndio que devasta o prédio onde ele administrava a igreja de Saint James há anos.

    O terreno que fazia parte de uma universidade estatal passa a ser motivo de embate. Os diretores da Hadleigh University questionam a presença do evangelista e de sua igreja no campus e usam a tragédia para tirá-lo dali. Rapidamente, a batalha se estende pela comunidade local.

    Entre as cenas que ilustram os momentos difíceis, a fragilidade humana e a força que se deve buscar em Deus, há também momentos de reflexão quando alguns personagens questionam sua fé.

    Além de David A. R White (Deus não está Morto 2), estão os atores John Corbett (Casamento Grego), Shane Harper (Deus não está Morto) e Jennifer Taylor (Two and a Half Man). Com participação especial da lenda gospel Dra. Cissy Houston (mãe de Whitney Houston), e da ganhadora do Oscar Tatum O´Neal (Lua de Papel).

    O tão aguardado filme tem roteiro e direção de Michael Mason e é uma sequência de sucesso dos outros dois filmes lançados no país “Deus não Está Morto 1 e 2”, que foram assistidos por mais de 10 milhões de pessoas em todo o mundo.

    Assista ao trailer!


    Fonte: Gospel Prime

    O conteúdo das notícias é de responsabilidade de seus respectivos autores e veículos de comunicação, não refletindo necessariamente a opinião da ICESO


    Data : 2018-08-10
    Autor:

    Não existem comentários nesta notícia, seja o primeiro.